quinta-feira, 17 de outubro de 2013

CAMINHO PORTUGUÊS CENTRAL COM OS ESTUPENDOS 4 EVER (Na versão poética; - Caminho Português com novo freguês)


- Aos Estupendos! - Que se divirtam! - Aqui, e 4 Ever!

Caminho outrora prometido, foi entre 5 e 8 de Setembro, a data escolhida,
agora que é um, já percorrido, voltaremos, para que a tradição seja mantida.

Os Estupendos 4 Ever foram estreantes, num Caminho de Santiago,
uniram-se as forças pedalantes, e o resultado foi tudo, menos aziago.

Caminho Português Central por Barcelos, terá sido o primeiro,
fizeram por merecê-los, a este, e a todos os que vierem ao roteiro.

Este esforço "poético", espero-o compensatório
Mesmo atrasado, este "post patético", não pode deixar de ser meritório. 









...Há muito por tirar, esta era a fotografia obrigatória.
 Descreve-se uma lenda de arrepiar, é do Galo de Barcelos, a Oratória.
Tornado símbolo de Portugal, "A Lenda do Cruzeiro do Senhor do Galo",
o Peregrino evita o pior mal. - Sou inocente! A todos consegue prová-lo.




Ei-lo(s)... O artístico galo...E os "apóstolos"; Estupendos 4 Ever;
 - João e José, a segurá-lo. - Paulo e Pedro better than never!




Os Estupendos em fervor;
...Com o Paulo qual trovador...Tão bem como o Galo, que depois de assado, virou cantor....




...E depois de Ponte de Lima, já lá vai o Pedro,
a Labruja, é ali em cima, mas ninguém demonstra medo...




...Logo seguido pelo José, a grande velocidade.
- Assim é que é! - Não falta é vontade!




...E pelo João, já meio desfocado,
 tal demonstração...E o fotografo atrasado...




...Boa disposição em terras minhotas, foi sempre uma constante,
talvez causada por palavras doutas, ou outras, da gente errante...




... A Labruja; de tanto subir, provoca dano e maleita,
faz com que as pernas se façam sentir, causa na mente; uma desfeita...




...A Cruz dos Franceses, ainda engalanada. - Mas era tanto o lixo no chão!!!
Depois o Paulo pediu, e foi dissecada. - Foi feita a vontade, pois então!!!




 - Oh Pedro, larga a âncora! - A Serra já está no fim!
- Aqui impõem-se o...- Zé, arraaancaaa! - Foi um constante frenesim...




...Labruja e Rubiães para trás, a fronteira já aí vem,
agora só Valença nos apraz, para desta jornada descansar, e bem...




...Por vinhas e hortas, foi sempre a pedalar. 
Em rudes e tortas, até Espanha almejar...




...Depois de Caldas de Reis, e do Parque de Barosa alcançar, 
alguns não foram pasteis, e conseguiram escorregar...




...Já à noite em Padrão, foi de porta em porta,
que pela degustação, quase a apanhámos; - A "torta"...




...Sr Paulo, versão perneta, assim jurou chegar a Santiago...
Mas acabou qual "Catrineta", aquele poema aziago...




...Usámos a Calle do franco, para a Plaza del Obradoiro alcançar,
o Paulo que já não ia manco, chegou, e ouviu os escuteiros a cantar..




...Quem espera sempre alcança, já diz o velho ditado,
 Sr Augusto com garra, nem balança, foi assim que acabou premiado...




...Acabados de ver o Bota fumeiro, a foto tirámos na Puerta de Praterías,
depois deste Caminho, que foi o primeiro, outro virá; - Será o das Rias?...




...Sob o áureo da Catedral, "ouvimos" o oráculo,
neste grupo, afinal, só me ocorre o famoso: - Espectáculoooo!!!!!!


GR (João Galvão)

1 comentário:

josé alexandre silva disse...

Espectáculo!!! Andas mesmo inspirado!!